Modernidade, Delicado e Natural

Modernidade, Delicado e Natural

DataJunho 2020
LocalizaçãoSanto Tirso, Portugal
CategoriaResidencial

Este novo projeto da COPERONYX® foi desenvolvido para um jovem casal que pretendia um espaço moderno e delicado, o mais flexível e orgânico possível.
Perante as exíguas dimensões da habitação, a ideia foi projetar uma arquitetura de interiores em open space, procurando garantir uma boa iluminação natural em todos os espaços e dar uma maior profundidade ao interior da habitação.

À entrada da casa, um hall longo e envidraçado cria uma impressão de continuidade e ligação entre a zona da sala e o vão de escada flutuante, que dá acesso aos pisos superiores.

A escada flutuante, toda revestida em aço e vidro, integra um jardim interior composto por elementos da natureza, como seja os elementos em pedra e uma árvore de pequeno porte (bonsai), numa referência a um jardim oriental. Junto a esta, abre-se uma requintada área de leitura, criando um local que remete para uma atmosfera de reflexão e introspeção.

O espaço central da casa integra duas áreas distintas, a de estar e a de jantar. Na zona de jantar, pende sobre a mesa sofisticada um gracioso lustre, que é complementada pela qualidade artística e imponente dimensão da tela da pintora Celine Ziang e um painel de correr oculto (porta cassete), que permite integrar ou separar a cozinha de todo o espaço.

Na zona de estar, a escolha dos materiais para a decoração e mobiliário, como a pedra natural, os tons terra e o aço, conferem à habitação a ambiência aconchegante e desejada e tentam responder aos cinco elementos do Feng Shui.

Partilhar: